Home » Especial » Personagens » Neemias não fugiu da batalha
Muro001

Neemias não fugiu da batalha

É necessário cercar os muros para se proteger dos ataques inimigos. A vida é uma guerra constante. Brechas abertas são pontos fracos de bombardeios. Foi assim que o povo de Jerusalém se sentiu: desprotegido. Os inimigos podiam facilmente atacá-los.

Assim acontece também em nossas vidas. Diariamente somos vítimas de perseguição e de injustiça. Mas, se a nossa fé estiver firmada no Deus Altíssimo, seremos mais que vencedores, por isso não desista no primeiro combate contra o inimigo. Não tenha medo.

O soldado que foge da guerra está praticando um ato de covardia. Por que fugirmos, se nossa guerra já está ganha? Por que fugir da batalha se o Senhor Jesus caminha conosco e nos dá vitória?

O apóstolo Paulo diz:

Em Cristo somos mais que vencedores”
Romanos 8: 37

Não há nada a temer. Basta obedecermos à sua vontade.

Quem deixa o ataque inimigo de lado, demonstra medo e pode ser alvejado com facilidade, sem nenhuma chance de se desviar das setas lançadas. No entanto, o melhor caminho é sempre enfrentá-los. Neemias fez isso. Seu exemplo mostra que não devemos fugir da batalha.

Neemias e os muros de Jerusalém

neemias e o muroNeemias era israelita, veio da cidade de Susã. Era copeiro do Rei Artaxerxes. Quando ficou sabendo do triste estado de Jerusalém, preocupado com seus parentes e compatriotas, chorou, jejuou e orou ao Senhor. Com a certeza da fidelidade de Deus, em cumprir a sua palavra, pediu que o Senhor estivesse com ele.

O Rei permitiu que Neemias fosse para Jerusalém ajudar o seu povo. Assim, ele recebeu cartas para que tivesse passagem livre até Jerusalém, ganhou recursos como madeira para ajudar na restauração, e também lhe foi dado um exército.

Vedes vós a miséria em que estamos, Jerusalém está assolada, as suas portas têm sido queimadas; vindes, pois, e reedifiquemos o muro de Jerusalém e não estejamos mais em opróbrio”.
Neemias 2:17

Oposição tenta impedir

Alguns povos vizinhos, os opositores, queriam tardar a construção dos muros. Eles não queriam deixar Jerusalém ficar forte e próspera. Fizeram de tudo para intimidar o povo e impedir a obra. Neemias não cedeu à pressão dos adversários. Ele confiou totalmente em Deus.

Em momentos mais complicados, orou: “Ó Deus, fortalece as minhas mãos”, (Ne 6: 9b). Nesta oração, encontramos uma atitude de confiança em Deus. Sua missão em meio a tantas perseguições não foi fácil, contudo sua fé estava firmada no Senhor dos Exércitos, no Deus Todo-poderoso.

Nos dias de hoje, não é diferente. O mundo espiritual é o mesmo, estamos em guerra contra o reino das trevas de forma diária. Para vencermos essa batalha, temos de depositar nossa fé em Deus e confiar. Não há outro caminho. Só o Senhor tem poder para agir e fazer com que o inimigo saia em retirada. Ele é o Deus da vitória!

Perfil

Neemias construiu os muros de Jerusalém

Descrição: um homem de oração, coragem e de decisões firmes;
Ocupação: coopero do rei Artaxerxes e governou Judá;
Sua origem: israelita, veio da cidade de Susã;
Suas habilidades: Líder, os muros foram reconstruídos dentro de 52 dias.

Gostaria de conhecer mais sobre a história deste servo de Deus?

Ela está entre os capítulos 01 e 13 do Livro de Neemias.

Seja Bacharel em TEOLOGIA – Curso completo e sem mensalidades! Veja aqui 

Sobre Gil Xavier

Jornalista/Assessora de imprensa e apaixonada por Jesus, literatura, jornalismo científico, esporte, fotojornalismo, meio ambiente, ciência e tecnologia
Translate »